Os perigos da chuva para o seu cachorro!

Os perigos da chuva para o seu cachorro!

A grande preocupação, é com relação ao contágio de leptospirose. Contudo, os animais também estão propensos à outras doenças.

Chuva, frio e animais de estimação não são uma boa combinação. Isto porque, quando os pets estão expostos a estes fatores naturais eles também estão propensos à desenvolver doenças perigosas, que comprometem não só a qualidade de vida deles, mas também de seus tutores.

É justamente no período de chuvas que existe um enorme aumento a incidência de leptospirose em pets. Isso acontece porque a bactéria que é a transmissora da doença, é eliminada através da urina dos animais doentes ou portadores, ela acaba sendo conduzida pela chuva e expondo os animais que tem contato com esta água.

A principal forma de prevenir é mantendo seu animal de estimação sempre vacinado e evitar ao máximo que ele tenha contato direto com água de enxurradas ou enchentes.

Image result for cachorros doentes

Alguns problemas de saúde decorrentes do contato do cão com chuvas:

Leptospirose

Esta doença transmitida pelo contato do animal com a urina contaminada do rato, pode deixar a saúde do pet debilitada, tendo em vista que entre os sintomas estão: falta de apetite, vômito, febre, alterações renais, desidratação, apatia, pele amarelada, fezes com sangue e urina escura. Vale ressaltar que esta é uma zoonose, ou seja, uma patologia que pode ser transmitida do cachorro para o humano. Caso o tutor ou outros cães tenham contato direto com fezes, urina, sangue ou utensílios do animal contaminado, estes também poderão contrair a leptospirose. Por isso, que este é um dos problemas mais graves.

Fungos

Um animal que tem contato com chuva pode apresentar outras doenças, que mesmo possuindo um grau de gravidade menor, merecem atenção do tutor. Este é o caso de problemas de pele, tendo em vista que um pet molhado está propenso a desenvolver bactérias e fungos que danificam o pelo e a epiderme.

Gripe/Pneumonia

Caso seu cachorro tenha tido contato com a chuva fria, ele poderá ter hipotermia se não for seco corretamente, com isso, podem ter uma gripe ou pneumonia. O ideal é procurar um veterinário e cuidar o mais rápido possível para o quadro não piorar.

Medidas preventivas

  • Vacinar o cachorro contra leptospirose é a melhor forma de agir contra esta doença. Geralmente, os veterinários aplicam esta vacina a cada seis meses;
  • Manter o cachorro em um ambiente seco e seguro é o mais indicado, pois desta forma o tutor evita que ele se molhe na chuva;
  • Caso o animal tenha se molhado, é preciso enxugar bem os pelos e de imediato. Assim, é possível evitar problemas de pele, nos ossos e no trato respiratório;
  • É preciso atenção aos recipientes de ração e água, para não deixá-los expostos à chuva e aos roedores. Após a refeição do pet, o resto da comida deve ser descartada e a tigela lavada com sabão neutro e água. Por fim, deve ser armazenada em lugares apropriados.

-> O melhor mesmo é se transportar de PetDriver!
PetDriver – Junto de quem você mais ama S2

Fonte: Zeedog, Clube para cachorros.

Add Your Comment