Mãe, você sabe de quanto exercício seu cachorro precisa?

Mãe, você sabe de quanto exercício seu cachorro precisa?

O tempo certo de exercícios físicos para os cachorros depende de fatores como porte, raça e idade…

Tempo ideal de cada caminhada

É importante saber que nem todos os cachorros precisam do mesmo tempo de exercício. Isso porque, dependendo do porte, da raça e da idade, cada cãozinho tem disposição para gastar mais ou menos energia. Para a maioria dos animais, apenas um passeio no quarteirão não é o suficiente para liberar toda a energia; é preciso de 30 a 60 minutos duas vezes por dia, com a possibilidade de soltar a coleira e deixar o pet correr por um tempo.

Porte

Em geral, cachorros de pequeno porte precisam de exercícios mais curtos, enquanto que cães de grande porte possuem mais energia para gastar. As raças pequenas, como Yorkshire, e Bulldog francês precisam passear em lugares espaçosos e correr livremente. No entanto, não necessitam de longas caminhadas e exercícios físicos intensos: dois passeios de 30 minutos com exercício incluídos e outros dois mais tranquilos e curtos são o suficiente. Se o pequeno tiver tendência a problemas respiratórios, como o Pug, é comum que ele fique sem ar nos passeios intensos ou de longa duração.

Raça

A raça também é um fator importante na hora de levar seu pet para caminhar: aquelas que nos primórdios eram utilizadas para caça, como o Pastor Alemão e Labrador, necessitam de muito mais exercício do que um Chow Chow, por exemplo, que era utilizado como cão de guarda. Cachorros nórdicos, como o Husky, por exemplo, foram criados para trabalho e corrida, e precisam, além das caminhadas diárias, de exercício em um parque ou uma área verde em que ele possa correr, brincar com a bolinha, ou até mesmo enfrentar desafios que tenham obstáculos. Já os cães de caça, como Beagles ou Galgos, precisam de passeios intensos que permitam explorar o olfato e fortificar a musculatura, intercalados com saídas mais tranquilas.

Idade

A idade do pet influencia na necessidade de atividade física. Quando estão em pleno crescimento, os cãezinhos têm muita energia para gastar e o recomendável é que sejam realizados dois passeios por dia, de 20 minutos cada um, para que ele comece pouco a pouco a se habituar ao exercício físico. Não é aconselhável começar com passeios longos, mas sim aumentar o tempo de caminhada pouco a pouco. Já os animais idosos, como não possuem tanta energia e podem sofrer problemas de saúde, devem ter passeios mais curtos e menos rigorosos.

Evite altas temperaturas

Os cães não possuem glândulas sudoríparas no corpo para liberar o calor como os humanos e transpiram pela língua. Assim, é importante evitar altas temperaturas durante as caminhadas com seu pet para ele não sofra com o calor e para não queimar as patinhas no chão. O horário entre 10 e 16 horas, período do dia em que a temperatura está mais elevada, deve ser evitado.

Hidratação

Assim como nós humanos, os pets precisam de hidratação o tempo todo. Por isso, para manter seu cão saudável e proporcionar um passeio mais prazeroso, leve sempre água para ele se hidratar. Atualmente no mercado pet existem garrafas de água com bebedores portáteis que são perfeitas para esses momentos. 

Saiba a hora certa de voltar para casa

Perceber as reações do cachorro durante um passeio não é só importante para a segurança de todos ao redor, mas também para saber qual é o momento certo de voltar para descansar em casa. Quando o cão se nega a caminhar, passa muito tempo com a boca aberta e fica com a respiração ofegante, quer dizer que ele está cansado e pode ser uma boa ideia fazer uma pausa antes de retornar.

#PetDriver #BlogPetDriver #Blog #Cães #Cachorro

Veja a publicação original em: http://bit.ly/2QmIA0g
Fonte: Vetquality

Add Your Comment